Em Aracaju, curso de “Prestações de contas eleitorais” da FBC capacita contadores

 

 

Dois dias de intensos e de proveitosos estudos acerca da contabilidade eleitoral brasileira. Assim foi o curso “Prestações de contas eleitorais 2018 – Aspectos contábeis e jurídicos – Visão teórica e prática contábil”, realizado pela Fundação Brasileira de Contabilidade (FBC), na auditório da Faculdade Estácio, em Aracaju/SE, nos dias 16 e 17 de julho, que teve como palestrantes o contabilista Elson Amorim e o advogado Rodolfo Siqueira.

 

Promovido em parceria com entidades como o Sindicato dos Contabilistas do Estado Sergipe (Sindcont), Conselho Federal de Contabilidade (CFC), e Conselho Regional de Contabilidade do Estado de Sergipe (CRCSE), o curso foi uma excelente oportunidade para que os profissionais da contabilidade se preparem para orientar corretamente os candidatos, os partidos nestas eleições de 2018, assim como elaborar uma satisfatória prestação de contas.

 

 

Aberto para profissionais da contabilidade, assim como advogados, dirigentes de partidos políticos, candidatos, estudantes de Direito e de Ciências Contábeis, o curso tratou da aplicabilidade da Legislação Eleitoral, com foco principal na Resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) 23.553/2017, que dispõe sobre a arrecadação e os gastos de recursos por partidos políticos e candidatos, e sobre a prestação de contas nas eleições 2018.

 

EDUCAÇÃO CONTINUADA

“Acho importante o aperfeiçoamento, a aprendizagem de um curso de prestações de contas eleitorais, uma vez que nossa empresa sempre participou, participa das prestações de contas dos pleitos eleitorais (de candidatos, partidos) desde os anos 2000. E, graças a Deus, de uns anos para cá, tendo sucesso, sempre participando de cursos”, afirmou o contador Dailton de Castro Oliveira.

 

Também participante do curso, a contadora Gilvania Andrade destacou a importância do profissional da Contabilidade se capacitar. “Esse processo da FBC junto com o CRC, o CFC em capacitar os contadores é muito ótimo. Este ano, mais uma vez, trabalharei com prestação de contas eleitorais e, realmente, precisamos estar sempre se atualizando para que não ocorram riscos na prestação de contas, para que saibamos orientar os candidatos”, disse.

 

 

Diretora executiva da FBC, Jucileide Leitão esteve presente no evento. “A Fundação Brasileira de Contabilidade, desde sua criação, há 20 anos, tem o grande objetivo de trabalhar a educação continuada. Por isso, com as eleições 2018, estamos trazendo o tema contabilidade eleitoral para discussão junto aos profissionais contábeis e de áreas afins”, ressaltou.

 

Para Elson Amorim, responsável pelos aspectos contábeis do curso, o evento foi um sucesso. “Um público seleto voltado para a contabilidade eleitoral compareceu, prestigiou. O público ficou atento desde o primeiro dia, quando teve o módulo jurídico com o advogado Rodolfo Siqueira, assim como no segundo dia. Trata-se de um tema de muita atração, instigante”, afirmou.

 

APOIOS

O curso teve apoio também da Faculdade Estácio, do Centro de Estudos das Sociedades de Advogados – Seccional Sergipe (CESA) e da Prime Security – Certificado Digital.